Você está aqui
Home > Dicas de sucesso > Como atingir o público-alvo feminino

Como atingir o público-alvo feminino

Público-alvo feminino

Embora algumas empresas ainda tenham uma abordagem antiquada, o marketing para as mulheres não é tão simples quanto jogar rosa em um rótulo. Se você está se perguntando como atingir o público-alvo feminino, comece analisando alguns dados.

As mulheres são as principais consumidoras de produtos e serviços em todos os setores.

Eles são responsáveis ​​por comprar ou influenciar a compra de bens para si e para todos os que os rodeiam: parceiros (as), filhos, pais e amigos.

Falar com elas significa entender que as mulheres são mais complexas do que as personas tradicionais de marketing mostram. 

Suas diferenças influenciam sua visão de mundo. Etnia, idade, idioma, status socioeconômico, orientação sexual, religião – e a maneira como essas identidades se sobrepõem – são fatores significativos.

Às vezes, empresas e marcas não percebem como a identidade de uma mulher se cruza com suas experiências em cada estágio da vida. O que ela responde e compra muda como ela se comporta.

Nenhuma jornada de duas mulheres é a mesma. Há apenas um fio comum: o público-alvo feminino engloba um mercado gigante e você não pode se dar ao luxo de ignorá-los.

Não há truque especial para o “marketing feminino”. Lidere com a humanidade.  Reúna os dados do seu público, reconheça a diversidade de suas experiências, traga mais mulheres para sua equipe e você poderá começar a direcionar suas ações com mais confiança e mais chances de acertos.

Público-alvo feminino

Como criar campanhas para o público-alvo feminino?

Fazer a pesquisa

Quantos tipos de mulheres você conhece? Delicadas, veganas, carnívoras, mães, fortes, politizadas, nerds, exotéricas, cientistas… A listas de características é imensa. Para descobrir onde estão as que se interessam pelo seu produto só se dedicando a pesquisa de mercado.

Adotar uma abordagem ampla

Nenhuma pessoa é formada apenas por uma característica. À medida que as mulheres seguem pela vida, elas mudam. Elas podem crescer em um bairro específico ou tradição cultural, mas florescer em outro lugar. 

Algumas começam a faculdade com uma postura e quando terminam, mudaram totalmente. Muitos entram de cabeça nas carreiras e depois reavaliam seus objetivos profissionais depois de  se tornarem mães . Algumas crescem pensando que a maternidade é inevitável e, mudam, decidem não ter filhos.

O marketing para as mulheres têm menos a ver com gênero e mais com a adição de uma camada humana à sua abordagem. Significa criar uma marca que priorize as pessoas.

A cada mudança, surge uma nova perspectiva. E essa perspectiva é fortemente influenciada por diversos fatores. Para conquistar o público-alvo feminino, você deve considerar como esses fatores se cruzam e afetam suas decisões.

Quando você adota uma abordagem intersetorial para entender o que realmente está acontecendo nas comunidades e vidas das mulheres, você pode se conectar de uma maneira mais significativa e aprender a atrair consumidoras leais.

Focar em mulheres reais

Não há mais espaço para apenas um tipo idealizado a ser a cara de sua marca. Você tem que focar suas ações de em mulheres reais.

As mães que trabalham o dia todo, chegam em casa e tem mais uma jornada. As estudantes, as independentes, as mulheres de negócio, focadas em suas carreiras, as que lutam pela inclusão, as magrinhas, as gordinhas, as negras, as asiáticas… Não feche seu produto para um padrão apenas.

Público-alvo feminino

Contar com a opinião de suas consumidoras

O público-alvo feminino adora interagir e opinar sobre o que consome. Utilize isso a seu favor. Ter mulheres de diferentes aprimora sua empresa e produtos, porque uma variedade diversificada de vozes poderá trazer à sua atenção lacunas no mercado.

A não comercialização pode ser mais eficaz

Pode valer a pena focar menos no marketing direto e investir mais no inbound marketing, produzindo conteúdo de qualidade, gerando engajamento e capturando a atenção de suas consumidoras de forma mais eficaz.

Leia nosso artigo sobre o tema.

Não faça tudo rosa

As mulheres gostam de uma grande variedade de cores, assim como os homens. Ofereça-nos uma variedade diversificada de opções, em anúncios, produtos e marketing.

Gostou das nossas dicas? Quais você já implementou no seu negócio? Conte para nós como você faz a abordagem ao público-feminino. Aproveite para assinar nossa Newsletter e receber mais conteúdo do Blog GuiaJá!

Deixe uma resposta

Top