Você está aqui
Home > Dicas de sucesso > Saúde financeira da sua empresa: como avaliar?

Saúde financeira da sua empresa: como avaliar?

Saúde Financeira

Um dos pontos essenciais para que uma empresa possa prosperar e crescer reside exatamente em como está a saúde financeira do negócio. A questão é que muitas vezes, o empresário/empreendedor sequer investe em noções de finanças para negócios, tampouco valoriza este aspecto da empresa, perdendo assim uma ótima chance de alavancar os negócios e atuar de forma efetiva em seu mercado.

O resultado de não realizar uma boa gestão das finanças, bem como negligenciar a avaliação do estado atual da mesma, é o fato de ter uma empresa “desnorteada”, sem diretrizes, ficando muito aquém das demais que investem nesta problemática. Tal negligência acarreta ainda posteriormente, na mais esmagadora maioria das vezes, a falência do negócio.

Por isto este tema se apresenta tão relevante no setor do empreendedorismo e merece maior atenção de todos que estão à frente de seus negócios e querem alcançar melhores resultados.

Acompanhe a seguir, algumas dicas relevantes acerca da saúde financeira de uma empresa, além de sugestões de como avalia-la, bem como formas de otimizar a gestão das finanças e catapultar de vez os negócios de sua empresa.

Identificar e reconhecer possíveis problemas na saúde financeira da empresa

Não há controle de gastos? Fluxo de caixa está desatualizado? Dívidas sem negociação?  É preciso reconhecer quais são as carências financeiras da empresa para direcionar as possíveis soluções e tirar a saúde financeira da “U.T.I”.

Anote todos os itens problemáticos e leve em conta que é de extrema urgência trabalhar o fluxo de caixa da empresa, caso queira dar a ela a chance de sobreviver no mercado. Além disso, no caso de dívidas, renegociar é fundamental para que aos poucos, as finanças possam entrar nos eixos.

Planejar

Quando falamos em fluxo de caixa, falamos sobre planejamento. A entrada e saída de dinheiro deve ser registrada sempre, para que o empresário saiba quanto de fato ele tem em mãos, para poder prever na frente onde irá investir ou quais débitos custear, por exemplo.

O fluxo de caixa é fundamental para planejar ações e fazer previsões, sendo uma ferramenta indissociável a boa gestão financeira de uma empresa.

Pessoa física x pessoa jurídica

A saúde financeira da empresa está intimamente atrelada ao modo pelo qual o empresário trabalha suas contas e facetas. Por exemplo, você usa a mesma conta do banco para a empresa e para uso pessoal?

Se você ainda cultiva este hábito, é interessante dissociar a empresa do pessoal e investir numa conta exclusiva para cada âmbito. Isto permitirá maior clareza nas finanças e menos confusão.

Saúde Financeira

Sistemas de automação

Uma forma de otimizar a questão de ganhos, gastos, investimentos, bem como todo o balanço financeiro da empresa, é optar por softwares, planilhas e sistemas de automação em geral. Embora seja necessário investir certos valores na aquisição destes serviços, eles refletem uma ótima relação custo e benefício, facilitando a vida do empresário e permitindo ganho de tempo.

E você, leitor (a)? Em que situação se encontra a saúde financeira de sua empresa? Quais desafios tem enfrentado neste sentido? Quais soluções supriram suas necessidades nesta questão?

Compartilhe suas experiências conosco!

 

 

Deixe uma resposta

Top