Você está aqui
Home > Empreendedorismo > Os 5 empreendedores ousados da atualidade

Os 5 empreendedores ousados da atualidade

Empreendedores

Existem milhões e milhões de empreendedores em todo o mundo, e para inspirar você, o Blog GuiaJá selecionou algumas das histórias mais ousadas da atualidade. Confira e tire aquela sua ideia sensacional do mundo dos sonhos! Quem sabe você não será o próximo grande sucesso do mundo.

Empreendedores ousados

Ousadia deve ser uma das características mais marcantes de qualquer pessoa que esteja disposta a abrir o próprio negócio. É claro que o perfil tradicional continua tendo espaço no mercado, mas vamos combinar que, o grande destaque está sempre com aqueles que pensam fora da caixa. Confira alguns dos empreendedores mais ousados da atualidade e se inspire.

Elon Musk

Ok, nós sabemos que algumas notícias recentes sobre ele não são muito boas, mas não há como negar que Elon Musk é um visionário.
Da criação dos carros 100% elétricos da Tesla a perfeita aterrissagem do foguete SpaceX, Musk é um poço de inspiração quando o assunto é inovação. É claro que precisamos dosar e absorver apenas o lado genial, deixando as loucuras e os escândalos bem longe.
Empreendedores podem aprender com ele lições como a importância de dar prioridade no que é melhor para os clientes, funcionários, parceiros e investidores da sua empresa.

Jen Gotch

Saúde mental é coisa muito séria. Tão séria que a maioria de nós simplesmente não toca nesse assunto. Mas a fundadora e chefe de criação da marca Ban.do fala abertamente sobre seus altos e baixos sofrendo de depressão. E foi justamente em sua doença que ele buscou força e inspiração para iluminar e mudar o dia das pessoas através da moda. A marca é colorida, brilhante e carregada de personalidade.

Tammy Sun

Ter um filho. Este é o sonho de muitas pessoas, mas infelizmente algumas delas não consegue realizá-lo devido a problemas de infertilidade. Atualmente existem tratamentos para homens e mulheres inférteis, mas os altos custos fazem com que muito simplesmente desistam do sonho de ter um bebê.

Para mudar isso, Tammy Sun teve uma brilhante ideia: e se as empresas ajudassem seus funcionários a arcar com os custos desses tratamentos. E ela se tornou co-fundadora e CEO da Carrot Fertility, uma agência especializada em garantir que empresas possam oferecer tratamento de fertilidade para seus funcionários. Além de desenvolver o conceito do negócio ela também foi responsável pela construção do software da Carrot.

Empreendedores

José Andrés

“A comida tem o poder de mudar o mundo”, diz o chef José Andrés. E sua crença nisso é tão forte que em 2010, quando um terremoto devastou o Haiti, ele não pensou duas vezes. Colocou a mão na massa – literalmente – e fundou o World Central Kitchen.

O tempo passou e outro exemplo de seu trabalho pôde ser encontrado em Porto Rico. Quando o Furação Maria devastou a ilha, ele juntou 10 mil dólares de seu próprio dinheiro e foi para lá com seu projeto. “Eu vi que havia uma grande necessidade, e eu sabia que poderia ajudar. Eu sou cozinheiro, e nós cozinheiros somos pessoas que não esperam para saber o que fazer. Nós apenas agimos”.

Chegando em Porto Rixo ele encontrou uma cozinha em boas condições, comprou suprimentos e encontrou voluntários. No primeiro dia, foi possível servir 1000 refeições. A iniciativa é tão inovadora e importante que hoje, 9 anos após sua criação, sua equipe preparou 3,7 milhões de refeições, superando as mais experientes organizações de ajuda humanitária, como a Cruz Vermelha e o Exército de Salvação, no mesmo período.

Kevin Kwan

Vamos supor que você é escritor e lança uma série que se torna um best-seller. Vamos ir mais além e pensar que a Netflix chega até você e oferece uma fortuna de 7 dígitos apenas como um adiantamento, para que você libere os direitos para a produção de um filme baseado na sua obra. Qual seria a sua resposta?
Bem, essa história é real e aconteceu com o escritor Kevin Kwan, consagrado pela série Crazy Rich Asians (Podres de Rico, no Brasil) . E a resposta dele à gigante americana foi um sonoro “não”.

Kwan resolveu empreender no potencial de seus livros e, além disso, ele também queria provar para Hollywood que um filme com elenco totalmente asiático seria um sucesso. Ao liberar os direitos à Netflix, provar isso não seria possível, já que a líder em streaming não compartilha os números de audiência. Fosse qual fosse o alcance, tudo iria girar no mundo da especulação.
No final das contas, Kwan empreendeu da forma correta. Crazy Rich Asians é o primeiro filme da Warner Bros. Pictures em 25 anos a ter no elenco apenas atores asiáticos. Foram investidos US$ 30 milhões na produção, que lucrou US$238,532,921.

Como você pode perceber, ousar pode ser também um caminho para chegar ao sucesso. Gostou dos empreendedores que trouxemos no artigo de hoje? Deixe nos comentários sua história preferida e aproveite para sugerir novos temas.

Deixe uma resposta

Top