Você está aqui
Home > Atendendo clientes > Empreendedorismo e suas modalidades

Empreendedorismo e suas modalidades

Empreendedorismo

A palavra “empreendedorismo” é muito comum aos ouvidos de praticamente qualquer pessoa. Mas o que de fato é empreender? É o ato de fazer algo diferente, inovar dentro de uma empresa específica, de um mercado ou ainda para a sociedade. É um movimento que gera vantagens para a parte interessada, seja em lucro financeiro, otimização do sistema de trabalho ou melhoria social. Nos negócios, essa palavra refere-se à novas oportunidades buscadas através da criatividade e meios de inovar.

A forma mais habitual de empreendedorismo é a abertura de novas empresas, geralmente de pequeno porte. É algo que vemos com bastante frequência. Só no Brasil, foram criados 581.242 novos empreendimentos apenas no primeiro trimestre de 2017 (dados publicados pelo G1). Sendo assim, é comum que quem abre um novo negócio seja reconhecido como um empreendedor. Todavia, o empreendedorismo em si pode perambular por diversas atmosferas. Vamos abordar algumas delas a seguir.

Empreendedorismo e suas modalidades 

Nas empresas:

Como falamos anteriormente, o conceito de empreendedorismo está amplamente conectado ao surgimento de novos negócios. Apesar disso, ele está presente também em empresas já consolidadas. Nesse caso, podemos chamá-lo de intraempreendedorismo, empreendedorismo interno ou ainda empreendedorismo corporativo. 

O empreendedorismo, quando no âmbito corporativo, refere-se a ideias inovadoras que venham a aumentar o lucro da empresa e/ou expandir através de novos métodos ou produtos. Sendo assim, o empreendedor corporativo não precisa, necessariamente, ser o dono ou gestor da empresa em questão. É aplicável a qualquer colaborador, que através de criatividade e iniciativa venha a aprimorar o sistema de trabalho e propor soluções que beneficie a empresa.

Veja também:  Como funciona a licença-maternidade?

Empreendedorismo

Empreendedorismo social:

Educação, meio ambiente, saúde. Essas são apenas algumas das áreas de atuação desta modalidade de empreendedor. Neste caso, o objetivo não é o aumento do lucro, mas sim alguma melhoria social.

O que difere de fato o empreendedor social é que as ideias inovadoras a serem aplicadas precisam sempre andar de mãos dadas com o conceito de responsabilidade social. Todavia, mesmo não tendo o lucro como objetivo e sim uma causa, a atuação do empreendedor social prevê fins lucrativos. Ou seja, difere do conceito de Organização Não Governamental (ONG).

Empreendedorismo Digital:

Esta é a modalidade que utiliza uma das maiores e mais baratas plataformas de negócios, a internet. Com ela, é possível oferecer produtos e serviços com baixíssimo custo de operação após definir um nicho de público. Se enquadram nesse perfil, empreendedores que atuam no Facebook, Instagram, Youtube, TripAdvisor, blogs em geral e tantas outras plataformas online onde é possível disseminar uma ideia e fortalecer uma marca ou uma causa.

O empreendedorismo digital não está propriamente ligado a criação de uma nova empresa. Uma marca já consolidada pode, por exemplo, empreender na internet com um e-commerce, oferecer o produto a seu público para compra online e, consequentemente, aumentar seus lucros e expandir seus horizontes de mercado.

 Empreendedorismo em série:

Cargo que é o sonho de muitos profissionais do ramo, o empreendedor em série é o profissional capacitado a botar em prática de forma bem-sucedida diversas ideias inovadoras de negócios. É o tipo de profissional com visão para identificar necessidades de novas demandas e nichos de mercado, sempre com alto nível de planejamento e projeção de sucesso da operação.

Entretanto, o serial entrepreneur, como é chamado em inglês, não está necessariamente ligado a gestão da aplicação de tais ideias. Neste caso, podemos compará-lo a um consultor, que usa de sua experiência para determinar a melhor direção a ser tomada. Como um incentivador de primeiros passos que dá o pontapé inicial e retira-se depois que o projeto já está estabelecido, dando espaço para novas ideias empreendedoras.

Veja também:  Como tirar o cartão CNPJ da empresa pela internet

Veja mais sobre empreendedorismo em outros artigos preparados pelo Blog GuiaJá! E não se esqueça de deixar sua sugestão e seu comentário!

O Que Realmente Significa Ser Empreendedor?

10 Blogs Brasileiros Que Todo Empreendedor Deveria Ler

28 Formas De Colocar O Empreendedorismo Dentro Da Sua Empresa

Os Cuidados Nas Redes Sociais Que Todo Empreendedor Deve Tomar

 

Deixe uma resposta

Top