Você está aqui
Home > Dicas de sucesso > O que é capital social da empresa?

O que é capital social da empresa?

Capital social

O capital social da empresa nada mais é do que o valor total que o negócio tem. Esse valor pode ser em dinheiro, como também em estrutura e equipamento. Geralmente, o capital social começa com o investimento inicial para iniciar o negócio. Esse valor pode ser totó o dinheiro que o dono do empreendimento (ou os sócios, se for caso) tinham para investir.

Também pode compor o capital social da empresa dinheiro emprestado de uma variedade de fontes, como familiares, amigos, bancos, ou mesmo arrecadado através de investidores ou crowdfunding.

Apesar de ser basicamente o que já dissemos, o capital social tem uma importância ímpar para o sucesso do empreendimento e, por isso o Blog GuiaJá preparou este artigo, com o qual você vai aprender muito sobre este assunto.

Qual a importância do capital social para uma empresa?

Seja para o microempreendedor individual (MEI) ou para um grande empresário, o capital social possui muita importância, afinal está diretamente relacionado com o ‘poder de fogo’ de um negócio.

Você só consegue tirar sua vontade de criar uma empresa do plano dos sonhos quando consegue dinheiro para trazer o negócio à tona; a empresa só sobrevive aos primeiros anos, se o capital social for bem administrado; só é possível fazer investimentos, contratações e ampliações se o capital for utilizado de forma estratégica e adequada.

Além de tudo isso, ter um bom capital também pode ser usado como ‘moeda de troca’, servindo como garantia para realizar empréstimos bancários.

Capital social

Como o capital social é utilizado dentro de uma empresa?

A primeira coisa que vamos deixar claro é que você nunca vai conseguir fazer milagre com seu capital social, por isso, um empreendedor de sucesso tem sempre o pé no chão e faz questão de acompanhar de perto a administração do capital de sua empresa. Mesmo que você não seja o responsável pelo setor financeiro do negócio, é preciso seguir passo a passo cada decisão.

Veja também:  O poder do caderninho de anotações. Veja porque você deve anotar tudo o que tem que fazer

E essa é a primeira dica do Blog GuiaJá, simplesmente porque para construir ou alugar um espaço maior, comprar novos equipamentos ou matéria-prima, desenvolver novos projetos, criar campanhas de marketing, contratar empregados ou prestadores de serviço, para cada uma dessas coisas será preciso ter dinheiro.

Mas ter o valor corresponde a cada investimento não é tudo para aplicar o capital social adequadamente, cada decisão deve ser tomada apenas depois de estudar se o retorno do investimento será maior do que o custo investido.

No início de uma empresa, geralmente o retorno financeiro demora a chegar, mas não há motivos para se desesperar, a dica é sempre contar com a ajuda de um contador.

Como montar o capital social da empresa?

No Blog GuiaJá já abordamos várias vezes a importância de criar um plano de negócios e, entre todos os benefícios que esta estratégia oferece, está ainda a facilidade que dá para a estipular o valor do capital social para que a empresa saia do papel.

A partir disso, você e seus sócios poderão visualizar exatamente quanto precisarão levantar para dar o pontapé inicial, pagar contas, comprar equipamentos, contratar funcionários, capital de giro e até mesmo quanto precisarão para gastos corriqueiros (contas em geral, material de escritório, entre outros).

Nesse momento, você pode estipular o capital social para pagamento de taxas de abertura, certificados e documentos; gastos com acessória, advogado, contador; salários de funcionários; capital de giro; pró-labore; ações de marketing; criação de site; transporte de mercadorias (se for o caso); entre outros. Para saber mais sobre estruturação do Plano de Negócios, confira nosso artigo 7 Passos Para Montar O Plano De Negócios Perfeito.

Também é preciso definir qual será o investimento de cada sócio para o capital social da empresa. Obviamente, se não houver sócios, pule este passo.

Veja também:  Como abrir uma empresa: tudo que você precisa saber!

Esses valores devem constar no contrato social da criação da empresa e, na maioria das vezes, a porcentagem que cada um investiu no início do projeto é que corresponderá a quanto cada um terá direito sobre a empresa e seus lucros.

Capital social

Onde conseguir o dinheiro?

Você pode conseguir os valores para o capital social de várias formas. Muitas pessoas usam verbas rescisórias de empregos anteriores para montar seu próprio negócio; há quem peça ajuda de familiares ou use saldo da poupança, por exemplo.

Uma outra opção são os sites de financiamento coletivo, que tem ajudado inúmeras startups a saírem do papel.

Se nenhuma dessas opções se aplica a você, o ideal é procurar por empréstimos em bancos e financeiras. Há sempre opções tanto para empresários, quanto para pessoas físicas. Vale a pena estudar qual opção será a mais vantajosa para o seu caso.

Qual é o ramo de atuação da sua empresa? Conte pra gente nos comentários e continue acessando o Blog GuiaJá para muito mais informação!

Deixe uma resposta

Top