Você está aqui
Home > Empreendedorismo > Conheça todos os tipos de liderança!

Conheça todos os tipos de liderança!

Tipos de liderança

Mais uma vez o Blog GuiaJá traz para você um tema essencial: se trata da liderança! Para quem deseja ver sua empresa sair na frente da concorrência, vale a pena saber mais sobre o assunto. Os estilos de liderança são alvo de muito estudos e teorias. Com o objetivo de analisar a relação de um líder com seus subordinados, a maneira como este trata as decisões e a forma de designar tarefas, a seguir você encontra os três tipos de liderança: autocrático, democrático e liberal.

Tipos de liderança:

Líder Autocrático:

–  O líder é o único responsável por determinar as diretrizes. Esse estilo desconsidera qualquer participação do grupo em tomadas de decisões e formulações de regras.

– Cabe ao líder determinar técnicas e providências para a execução das tarefas relacionadas ao produto ou serviço da empresa. Dessa forma, toda a equipe se torna dependente desses métodos durante seus afazeres diários.

– O líder é responsável por distribuir as tarefas a serem executadas e quais serão seus parceiros de equipe durante a execução de tais afazeres.

– Neste estilo de liderança, o líder costuma criticar e, também, elogiar sempre dentro de um contexto pessoal. Não há tanta preocupação em como tais críticas e elogios podem ajudar ou prejudicar o desempenho dos demais membros da equipe.

Líder Democrático:

– Este estilo, como o próprio nome sugere, flerta muito mais com decisões em grupo. Neste caso, as diretrizes são debatidas pelo grupo, enquanto o líder assiste e estimula o espírito democrático e de respeito entre todas as partes.

Veja também:  Os melhores cursos do Sebrae EAD

– O grupo é responsável por determinar as técnicas e providências necessários para que os objetivos sejam cumpridos. Quando necessário, buscam aconselhamento do líder. Pode-se ainda, sugerir mais de uma opção para que o grupo, através de debate, escolha o melhor caminho.

– As tarefas são distribuídas pelo próprio grupo. Neste contexto, os indivíduos também possuem autonomia para escolher seus companheiros de trabalho.

– O líder não encarrega-se muito de tarefas, como os demais. Todavia, comporta-se como um membro normal da equipe. Sua palavra e opiniões tem quase o mesmo peso em relação aos outros e seu voto está mais direcionado para desempates do que para decisões individuais.

– Quanto às críticas e elogios, o líder é objetivo e o faz de forma a sempre estimular  não apenas um indivíduo, mas todo o grupo. 

Tipos de liderança

Líder Liberal:

– Esse é o mais abrangente dos tipos de liderança. Nesse caso, o líder possui participação mínima. Há liberdade para decisões em grupo ou individuais.

– Durante os debates, a participação do líder restringe-se a fornecer informações relevantes ao assunto pautado, bem como números estatísticos ou histórico da empresa.

– Tanto a divisão de tarefas quanto a escolha de companheiros de trabalho ficam a critério do grupo. Não há nenhuma participação ou intervenção do líder.

– O líder não se responsabiliza por avaliar a trajetória das escolhas tomadas, ficando inevitavelmente nas mãos da equipe o motivo de sucesso ou fracasso em uma operação.

– Apenas se questionado, o líder realiza críticas ou elogios em relação ao sistema de trabalho, desempenho dos indivíduos da equipe e resultados alcançados.

Conclusão

Um estudo realizado com meninos de 10 anos em 1939 testou esses 3 tipos de liderança. O que concluiu-se foi que as crianças submetidas ao sistema autocráticos tornavam-se frustradas e tensas. Além disso, esse sistema também resultou em aumento da agressividade. No tipo democrático, as crianças demonstraram uma relação muito melhor com o líder e entre si, além de muito mais segurança e prazer no que estavam fazendo.  No tipo liberal, a atividade foi intensa, mas a produção muito baixa, devido à perda de tempo com discussões que, em sua maioria, eram de cunho pessoal e nada tinham a ver com o trabalho.

Veja também:  O que faz e quanto ganha um assistente administrativo?

Aproveite e confira nossos outros artigos sobre o tema:

O Papel Do Líder É Essencial No Gerenciamento De Projetos

Veja Como Ser Um Bom Líder

Concluímos então que o meio termo, o equilíbrio é sempre o melhor. Nem muita liberdade e nem muito autoritarismo. É preciso dar liberdade, mas definir limites e responsabilidades com os resultados esperados. Gostou do tema abordado hoje? Não se esqueça de sugerir conteúdo para o Blog GuiaJá e deixar também sua opinião nos comentários!

Deixe uma resposta

Top