Você está aqui
Home > Dicas de sucesso > Passos para resolver conflitos em sua empresa

Passos para resolver conflitos em sua empresa

Resolver conflitos dentro da empresa é uma das principais funções de qualquer gestor; confira dicas para te ajudar!

Saber lidar e resolver conflitos dentro da empresa é a principal forma de conquistar um ambiente de trabalho saudável. Geralmente, em locais onde trabalham muitas pessoas, é comum que nem todas se dêem super bem. Porém, quando o estranhamento cresce, você precisa agir, pois uma empresa séria e respeitada não dá espaço para que os conflitos tomem força.

Uma palavra atravessada, um assunto mal resolvido ou até um simples esbarrão. Qualquer coisa pode dar margem para rusgas. Confira esses seis passos e aprenda a resolver conflitos que podem surgir dentro da sua empresa.

1) Para resolver conflitos é preciso encará-los

Fingir que nada está acontecendo e deixar que as coisas se resolvam sozinhas não é a solução. O primeiro passo para resolver conflitos em sua empresa é encará-los.

2) Preste atenção no ambiente

Nunca trabalhe com o ‘piloto automático’ ligado. Todos os dias, ao chegar à empresa, preste atenção em tudo que está acontecendo.

3) Ouça os envolvidos

Nunca tome decisões após ouvir apenas uma das partes envolvidas. Para conseguir resolver conflitos, você tem que escutar o que ambos têm a dizer. Para evitar que a confusão seja ainda maior, primeiro você deve falar com os funcionários em separado e só depois juntá-los para outra conversa, que deve ser mediada por você.

4) Seja imparcial

Outro fator importante para resolver conflitos é nunca tomar partido. Não fique do lado deste ou daquele funcionário. Avalie o caso de acordo com a gravidade e tome as medidas cabíveis para resolver a situação.

Resolver conflitos

5) Seja claro

O último passo para garantir que os conflitos sejam resolvidos é ser claro nas decisões. Diga aos envolvidos que a conduta não é aceitável dentro da empresa e que é inadmissível que a situação perdure.

Para resolver conflitos você não pode dar margem para que a sua intervenção se transforme em motivo para um novo conflito. Para evitar que isso ocorra, seja específico naquilo que você espera da conduta dos funcionários. Diga exatamente o que é aceito e o que não é aceito dentro da sua empresa.

6) Aplique advertências

As advertências também são importantes para resolver conflitos. Elas são as provas de que os funcionários agiram de forma inadequada e ajudam a fazer com que os trabalhadores não repitam o erro.

Você pode aplicar advertências em diversos casos, inclusive em casos de fofoca, agressões verbais e físicas, ações geralmente relacionadas a conflitos.

 Conflitos e assédio são a mesma coisa?

Você já sabe como agir para resolver conflitos, mas e quando você percebe que existe algo maior rolando? Em alguns casos, não se trata de uma simples rusga entre colegas de trabalho. Ao perceber que um funcionário cria um ambiente hostil para o outro, ou ao perceber que um trabalhador fica intimidado ou constrangido com comentários, piadas e até mesmo olhares, o que pode estar ocorrendo dentro da sua empresa é o chamado assédio moral.

Para acabar com esse tipo de problema, considerado sério; tentar apenas resolver conflitos não é suficiente. Nesta situação, você deve agir de acordo com as leis trabalhistas e civis vigentes no país.

Casos de assédio moral entre colegas de trabalho têm motivado muitos processos nos últimos anos. Não são raras as decisões judiciais que punem as empresas por não terem agido ao identificar o problema.

Muitos juristas condenam patrões por terem sido considerados coniventes ou indiferentes as agressões e assédio, ou seja, ‘deixar rolar’ pode significar ter que pagar um alto preço mais tarde.

Lembre-se que além de administrar, é papel do gestor possibilitar um ambiente de trabalho saudável para os funcionários. Resolver conflitos e agir em casos de assédio é imprescindível para manter sua empresa forte e produtiva.

One thought on “Passos para resolver conflitos em sua empresa

Deixe uma resposta

Top