Você está aqui
Home > Dicas de sucesso > Como a falta de comunicação pode atrapalhar seu negócio

Como a falta de comunicação pode atrapalhar seu negócio

Falta de comunicação

Você se dedica com afinco a seu negócio desde a fundação. Leva a sério todas as decisões, confia na competência da sua equipe, não tem medo de trabalhar e está atendo as mudanças do mercado. Mas mesmo assim, de alguma forma que você não consegue entender, as coisas simplesmente não saem como você quer que saiam.

A realidade descrita acima é igual ou muito parecida com o que você está vivendo na sua empresa? Talvez você tenha pensado em tudo, mas se esqueceu de um pequeno detalhe, que mesmo sendo óbvio, passou despercebido: a falta de comunicação dentro da empresa!

Esta é uma armadilha muito comum e, acredite, ocorre em pequenas, médias e grandes empresas! Mesmo passando 8 horas por dia juntos, muitas vezes você e seus funcionários não se comunicam corretamente, e isso tem um impacto negativo nos negócios.

Efeitos da má comunicação nos negócios

Quando não existe uma linha comunicativa efetiva, você começa a perceber uma certa confusão e nervosismo entre a equipe. Uma simples pergunta gera uma enxurrada de desculpas, causam atrasos e prejuízos, tudo que poderia ser evitado se a comunicação estivesse ocorrendo.

A falta de comunicação pode afetar a produtividade. Mesmo que você se comunique bem com seus funcionários, é preciso garantir que eles se comuniquem entre si. Além disso, muitos não compreendem o que precisa ser feito, portanto, a má comunicação também pode levar a resultados inferiores.

Outra característica da má comunicação são os erros e mal-entendidos. Mesmo coisas simples podem sair erradas se o funcionário não sabe o que é para ser feito. Se você quer evitar o desperdício de tempo e dinheiro, precisa investir em comunicação interna.

Mas o que é comunicação dentro de uma empresa?

Primeiro precisamos definir o que é comunicação. Você pode pensar que para se comunicar bem basta conversar. Mas não é tão simples assim! Saber se comunicar é aprender a dizer o que precisa ser feito, da forma que é para ser feito e qual será o objetivo a ser atingido.

No entanto, este é só o primeiro passo para uma boa comunicação. O segundo é refletir e dialogar, em conjunto com os funcionários, sobre como o trabalho será realizado. Além disso, também é necessário garantir espaço para que ideias sejam agregadas.

Além disso, é preciso fazer com que todos os funcionários se envolvam na ação. Para evitar erros, a comunicação tem que passar por todos os setores da empresa. Todo mundo precisa saber o que está acontecendo. Isso evita atrasos, erros e até desculpas esfarrapadas.

Lembre-se também que bate-papo não é comunicação. Esta é uma ferramenta que precisa ser levada a sério, ou então não surtirá nenhum efeito dentro do seu negócio.

Como deve ser uma comunicação efetiva?

Você pede uma coisa, recebe outra. Diz um prazo, mas o funcionário entendeu outro. Deseja que certas atitudes acabem, mas elas continuam ocorrendo. Será que a comunicação está ocorrendo corretamente?

Para impedir que a falta de comunicação atrapalhe seu negócio, a dica é estar sempre se comunicando. Faça reuniões semanais, utilize murais, monte grupos em redes sociais, utilize documentos coletivos ou e-mails em grupo.

A comunicação é algo dinâmico e vivo, precisa estar sempre ativa para que todos saibam o que está acontecendo. Além disso, é preciso frisar com exatidão o que é para ser feito. Fale com clareza o que você espera de cada um.

Também é preciso saber que existem dois tipos de comunicação interna: a geral e a individual/grupal. Elas são importantes e precisam ser trabalhadas em conjunto para alcançar bons resultados em qualquer ramo de negócio.

Se sua empresa é pequena, é mais fácil fazer reuniões gerais e depois entrar em contato direto com cada colaborador. Em caso de empresas médias ou grandes, a dica é subdividir a comunicação individual.

Depois da reunião geral, por exemplo, você pode se reunir com cada chefe de setor para passar instruções específicas, ou também pode fazer novas reuniões, com grupos menores de funcionários.

Deixe uma resposta

Top