Você está aqui
Home > Dicas de sucesso > Como escrever o currículo do primeiro emprego

Como escrever o currículo do primeiro emprego

Currículo

Assim que chega o momento de entrar no mercado de trabalho, a maioria das pessoas fica apreensiva na hora de montar o currículo do primeiro emprego. Afinal, como chamar a atenção do empregador se não se tem experiência nenhuma para contar.

Bem, mas será que escrever o primeiro currículo é realmente tão difícil? Será que você não tem tantos pontos positivos para mostrar? Nós, do Blog GuiaJá temos certeza que, depois de ler este artigo, você vai conseguir montar um excelente currículo, valorizando seus pontos positivos e, acima de tudo, tendo chance de chamar a atenção de seu entrevistador.

Como escrever um ótimo currículo do primeiro emprego

A primeira coisa que você precisa saber sobre como escrever seu primeiro currículo é que existem diferentes tipos de formatos de CV, cada um com uma finalidade muito diferente. Por isso, o primeiro passo é escolher o formato correto, aquele que mais vai valorizar o que você tem a oferecer à empresa.

O formato mais comum é o currículo cronológico, onde além de informações sobre formação, o candidato lista suas últimas experiências de trabalho. No entanto, para montar o currículo do primeiro emprego, este formato não faz o menor sentido, afinal, você nunca trabalhou antes.

Para quem está entrando no mercado de trabalho, o ideal é focar o currículo em suas habilidades e atributos, além é claro de valorizar sua formação. Outro fator importante e que muitos acabam se esquecendo é que, para o primeiro emprego, listar sua participação em grupos e trabalhos voluntários também conta. Confira outras dicas do Blog GuiaJá para montar um currículo matador:

Use a descrição do trabalho como um guia

Quando você lê a descrição de o anúncio de emprego, geralmente ela contém várias informações relevantes, descrevendo o que a empresa espera que o trabalhador realize no cargo. Use essa descrição a seu favor. Você pode não ter experiência profissional, mas pode ter uma série de habilidades que podem ser aproveitadas pela empresa.

Veja também:  Como registrar uma marca? Tire todas as suas dúvidas!

Por exemplo, se o anúncio exigir que o candidato ideal seja um “excelente comunicador”, encontre uma maneira de se descrever suas habilidades de comunicação.

Destaque o que você aprendeu ao longo de sua vida

Como sua experiência profissional é inexistente, seu conjunto de habilidades é a maior arma para montar seu currículo do primeiro emprego. Fale sobre o que você aprendeu ao longo do tempo na escola/curso técnico/faculdade; fale sobre as atividades extracurriculares; cite seu projeto de conclusão de curso (TCC), mas é claro, desde que estas coisas tenham alguma ligação com a vaga de emprego.

 

Fale sobre seus interesses

Quando você está começando sua jornada profissional e escrevendo um currículo para o seu primeiro emprego, pode ser difícil se destacar da multidão, mas isso não é impossível.

Hoje em dia, as empresas estão em busca de pessoas que desejam crescer e levar o negócio para frente, as empresas querem pessoas conscientes, alinhadas com as novas realidades do mercado; use isso a seu favor.

Fale do quanto você espera contribuir com a empresa, encontre uma maneira de deixar evidente sua consciência cultural.

Nunca coloque uma informação falsa no seu currículo do primeiro emprego

Pode parecer tentador inventar uma mentirinha ‘para o bem’. Mas não importa o que passe por sua cabeça, nunca coloque no currículo do primeiro emprego uma informação falsa.

Você não faz ideia de quanto esse tipo de coisa pode prejudicar toda a sua carreira e mesmo que você não for pego imediatamente, a verdade acabará aparecendo.

Currículo

Revise seu currículo antes de enviar

Não há nada pior que um CV cheio de erros de digitação e gramaticais. Se chega algo mal escrito e confuso nas mãos de um entrevistador, a vaga vai acabar sendo preenchida por outra pessoa. Simples assim.

Veja também:  Quando a empresa vai mal é preciso agir como um investigador

Se você não tem facilidade para revisar seu próprio currículo, peça para algum amigo, parente ou professor fazer isso por você.

Use exemplos para escrever seu primeiro currículo

Um ótimo truque para escrever seu currículo do primeiro emprego é usar exemplos para inspiração. Abaixo está um modelo para ajudar você a começar.

Cabeçalho

Contém informações como:

  • Seu nome completo
  • Endereço
  • Número de telefone
  • Endereço de e-mail
  • Site pessoal ou redes sociais (se aplicável)

Não inclua seu sexo, idade, orientação sexual, estado civil, religião e/ou qualquer outra característica desnecessária ao mundo corporativo.

Carta de apresentação

Resuma em cerca de 150 a 200 palavras sua vida acadêmica, objetivos profissionais e o que você pode oferecer para o empregador. Uma declaração bem escrita pode fazer toda a diferença.

Habilidades

Fale sobre o que você sabe fazer, e uma dica é se basear em seus hobbies:

  • Vamos pensar que você gosta criar e editar pequenos vídeos para o Instagram: você pode dizer que tem habilidade com criação e edição de vídeos amadores.
  • Vamos supor que você gosta de criar memes/frases: você tem habilidade de comunicação.
  • Ou talvez você goste muito de ler: você tem habilidade de concentração.
  • Quem sabe você é daquelas pessoas que adoram falar/mandar áudio pelo Whats ou outros apps: você tem habilidade de comunicação.

E assim por diante, pense naquilo que você goste de fazer e veja qual habilidade você desenvolveu com este hobbie.

Currículo

Formação educacional

Liste sua formação em ordem cronológica inversa – ou seja, sempre colocando o curso mais recente em primeiro. Cite o ano de conclusão, o curso de graduação e a faculdade/universidade (se for o caso) ou ano de conclusão e escola do Ensino Médio. Não se esqueça de mencionar cursos extras, como idiomas, informática, cursos livres em geral, etc.

Veja também:  Informações essenciais no site: Veja as informações sobre sua empresa que não podem faltar

Experiências

Este item não se aplica a todos, mas muitas pessoas, mesmo que não tenham experiências profissionais, possuem experiência que adquiriram ao longo de sua vida;
Trabalhos voluntários, participação em grupos da escola (grupo de xadrez, time de basquete, grêmio estudantil, por exemplo) e mesmo experiências familiares podem contar muito.

Referências

É sempre muito bom contar com o apoio de alguém respeitável, principalmente se você está montando seu currículo do primeiro emprego. Converse com professores ou amigos da família e encontre ao uma e no máximo três pessoas que, se contatadas, poderão passar boas referências suas.

Lembre-se de citar: o nome completo e quem é (por exemplo: diretor da escola tal; enfermeira em tal lugar; chefe de sessão da tal empresa; etc), além de colocar o telefone de contato.

Você gostou das dicas e conselhos do Blog GuiaJá para montar o currículo do primeiro emprego? Tem alguma dica especial para compartilhar? Participe do nosso blog deixando um comentário!

Deixe uma resposta

Top