Você está aqui
Home > Dicas de sucesso > Como contratar familiares pode ser uma pedra no sapato da sua empresa

Como contratar familiares pode ser uma pedra no sapato da sua empresa

Contratar familiares

A internet está cheia de exemplos e histórias de empresas familiares que conseguiram alcançar o sucesso graças ao esforço de parentes. Porém, precisamos ser mais realistas. Por mais difícil que possa ser para você admitir, a verdade é que, na maioria das vezes, contratar familiares pode ser uma pedra no sapato da sua empresa.

E o primeiro sinal de que você não deveria ter contratado um parente é o motivo pelo qual ele está lá. Foi pela competência ou foi simplesmente por ele ser da sua família? Você o contratou por ter sido pressionado por algum outro familiar? Seja sincero em suas respostas, pois contratar um funcionário deve ser uma decisão responsável, afinal, ele é uma ferramenta essencial para que seu negócio cresça.

Contratar pela competência

Sabemos que existem casos e casos. Às vezes você sabe que seu filho, irmã, tio, sobrinha, ou outro parente tem um grande potencial, porém, devido a contratação do mercado, acabou desempregado.

E você também sabe que está precisando de um funcionário a mais na sua empresa. Ou seja, o útil se juntou a agradável! Nessas situações, é claro que contratar um familiar pode ser muito adequado.

Mas lembre-se: o parente deve ser tratado igual aos demais funcionários! Portanto, assim que ele chegar a empresa para desempenhar uma função, lembre-se que ele precisa passar pelo período de experiência, assim como qualquer outro. Com isso você vai ter a certeza de que fez a escolha certa.

Só contrate se puder contratar

A vida anda difícil para todos, principalmente nesses últimos dois anos, quando a crise econômica se tornou mais evidente. Você tem uma empresa, mas como ela está? Seja sincero! Você realmente tem condições de bancar os encargos trabalhistas de mais um funcionário?

Se sua empresa está indo muito bem, as contas estão em dia e você vê que os lucros estão bons o suficientes para investir em uma expansão – afinal, você deve perceber que contratar mais um significa que você pretende vender mais produtos ou serviços – então tudo bem, aposte na contratação.

Mas se você é mais um entre os milhares de empresários e empreendedores que estão lutando para continuar sobrevivendo, coloque as mãos na consciência! Será que uma contratação a mais não irá piorar os negócios? Será que você vai dar conta de pagar os funcionários e os impostos? Mais uma vez, seja muito sincero!

Não contratar por pena, nem sob pressão

Pena é algo que não leva ninguém a lugar nenhum. Se você sente pena de alguém e contrata essa pessoa, querendo ou não você vai tratá-la como “coitadinha” e não será capaz de avaliar se é um bom funcionário ou não, afinal “coitado, está passando por uma situação difícil…”

E por mais difícil que seja, jamais contrate um familiar por estar pressionado por outro. Sabemos que algumas vezes o esposo ou a esposa pressionam o cônjuge para dar “aquela força” para o sobrinho, filho, cunhado, sogro, tia. Isso não é nada bom.

Primeiro porque você vai estar contra a parede, e essa posição não é nada boa para uma pessoa de negócios. Enquanto empresário, você deve sempre ser responsável por dar a última palavra no que envolve sua empresa.

E em segundo lugar, este funcionário – contratado sob pressão – será o famoso “costas quentes”. Ele sabe que só foi contratado porque outra pessoa interferiu, então ele pode partir do princípio que poderá fazer o que quiser e nunca será demitido. Em suma, contratar alguém por pressão familiar pode gerar muita dor de cabeça.

Contratar familiares

Como evitar mal estar familiar

Muitas vezes os empresários acabam cedendo e contratam parentes para evitar um mal estar dentro da família. Mas mesmo que você decida não contratar, você pode evitar confrontos desnecessários.

Para isso basta ser muito sincero sobre suas razões. Se o motivo for financeiro, explique que no momento sua empresa não tem condições de arcar com os custos de uma contratação.

Se a questão for realmente falta de competência, você não precisa ser tão direto, mas pode dizer que sua empresa precisa de pessoas que tenham experiência em um tipo de serviço, ou que tenham formação técnica ou superior em alguma área.

 

 

2 thoughts on “Como contratar familiares pode ser uma pedra no sapato da sua empresa

  1. Pingback: Cass Auditores

Deixe uma resposta

Top